Vestido de Camila Queiroz tem 461 flores; similar custa R$ 25 mil

Rosângela Espinossi
Publicado em
Casamento Camila Queiroz (Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein)

Casamento Camila Queiroz (Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein)

O mistério foi desfeito. Na tarde deste sábado (25), Camila Queiroz e Klebber Toledo se casaram na praia, em Jericoacoara, em altar com vista para o mar, com vestido assinado pela estilista Lethicia Bronstein, que demorou cerca de 5 meses para ficar pronto e tem 461 flores de tecido confeccionadas e bordadas à mão. O resultado foi um vestido romântico, com toques de alta costura, deixando os ombros à mostra, como se os braços estivessem envolvidos em tule.

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo - Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo – Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

O valor do vestido da Camila não foi calculado ainda, mas as noivas que querem sonhar com um modelito assim podem fazer versões que se adaptem ao bolso delas. De acordo com a estilista, mudando alguns materiais, quantidade de flores aplicadas, é possível ter um vestido a partir de R$ 25 mil reais feito sob medida.

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo - Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo – Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

“Fiquei muito honrada de assinar o vestido da Camila, mas confesso que fiquei ainda mais feliz por saber que ela escolheu uma estilista brasileira, que ela realmente conhece e confia, prestigiando a nossa moda, que é maravilhosa e cheia de pessoas talentosíssimas”, finaliza Lethicia. Lembrando que Marina Ruy Barbosa, que casou em setembro de 2017 com Xande Negrão, escolheu um vestido Dolce & Gabbana para a cerimônia com convidados, em Campinas, SP.

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo - Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo – Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

As flores foram confeccionadas em processo totalmente artesanal. “As pétalas são cortadas uma a uma e depois 3 a 4 pétalas são unidas por 1 pérola e costuradas à mão para, aí sim, poderem ser aplicadas no vestido”, explicou a estilista, que usou organza de seda, organdi, tule e gorgorão para confeccioná-las.  O véu tem 3 m de comprimento e bem transparente, para deixar todo o vestido à mostra

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo - Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo – Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

A estilista, que conheceu Camila no Carnaval de 2016 e foi responsável pelo vestido de noiva da personagem Luiza, em na novela “Pega Pega”, revelou que a cauda tem 1,5 m e muitas nesgas e flores para dar a sensação de que a noiva arrastava flores enquanto caminhava até o altar.  A atriz fez cinco provas no vestido no atelier da estilista em São Paulo

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo - Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

Casamento Camila Queiroz e Klebber Toledo – Foto: Divulgação/Lethicia Bronstein

A estilista assina ainda os vestidos da mãe e da sogra da noiva, e das avós, responsáveis por levar as alianças do casal até o altar.“Quando soube que ela estava noiva do Klebber, logo falei que queria fazer seu vestido! Em outubro do ano passado, ela me ligou perguntando se era verdade e disse que ia amar que eu fosse sua estilista, pois queria alguém que além de confiar profissionalmente, saberia que respeitaria suas vontades e desejos de noiva”, contou Lethícia, no material de divulgação.

Para chegar ao modelo, Camila pesquisou várias referências, mas a que mais a inspirou, segundo a estilista, foi uma foto de um busto em tule com flores. “A questão era: como íamos partir dali e criar um vestido único, lindo, bem princesa e ao mesmo tempo leve para que se adequasse a um casamento na praia?”.

A ideia estão foi fazer flores com ter texturas, cores e tecidos diferentes para dar leveza e movimento. Uma renda italiana com desenhos bem marcantes e fios branco e prata foram aplicadas por baixo, dando a sensação de que as flores brotavam dali. “Elas dão todo o sentido do desenho do vestido, que tem um movimento único”, explicou a estilista. A renda italiana usada faz parte de um acervo da estilista, com pequenas e únicas amostras que foram garimpadas ao longo dos 10 anos da marca. Ninguém nunca terá um vestido com a mesma renda.

A saia foi feita com 70 m de tule illusion (um tule mais nobre e leve, que existe para dar volume e leveza).  Uma camada em organza de seda também foi usada com um tule todo rebordado em paetê transparente. “O objetivo é que conforme o sol fosse se pondo, a noiva brilharia de forma natural e sem exageros.”

Mais detalhes

Lethicia e Camila elaboraram juntas uma estampa exclusiva para as 12 madrinhas da cerimônia, entre elas Vanessa Giácomo, Cássia Kis, Drica Morais e Antonia Morais. A noiva escolheu um tema floral com fundo rosado e a estilista sugeriu misturar cerejeiras, rosas e peônias  em tons pastel.

Foram 100 metros de tecido satin leve com a estampa exclusiva de Lethicia. As madrinhas receberam o presente com uma carta de Camila e da estilista escrita a mão que contava que o tecido tinha sido desenvolvido com muito carinho, para elas fazerem o vestido onde e como quisessem.

A mãe e a sogra


Lethicia também desenhou os vestidos da mãe e sogra de Camila. Para a mãe, foi escolhido um modelo na cor hortênsia com saia em georgette de seda e corpo todo em renda rebordadas em vidrilhos, dando uma textura nas flores assim como o vestido de sua filha.

Já para a mãe de Klebber Todledo, a cor escolhida foi um azul índigo e o modelo contou com a mistura de duas rendas: uma desenho arabesco e a outra floral.

Para as avós que levaram as alianças para o casal, foram desenhados vestidos em tons de rosa blush feitos em renda francesa com rebordado em fitas e vidrinhos, e saia em georgette de seda. “O comprimento escolhido para elas foi o longuete, já que se trata de um casamento pé na areia.”, disse a estilista.