Das passarelas para o batente: veja 15 looks modernos do SPFW para trabalhar

Rosângela Espinossi
Publicado em
abre_spfw_roupa_trabalho_moda_corporativa_

 

Por Rosângela Espinossi

Os desfiles do SPFW terminaram há poucos dias e muitas das peças já estão à venda. Por que não dar uma revisada no seu guarda-roupa corporativo para atualizar seu look? Claro que há algumas regrinhas básicas, como evitar transparência onde não deve ou peças curtas demais. Para provar que nem tudo o que se vê na passarela é complicado de adaptar na vida real e, principalmente, no trabalho, separamos 15 looks dos desfiles que podem muito bem entrar no seu guarda-roupa profissional. Dá uma olhada abaixo. E se quiser saber mais sobre o que usar no batente, clica aqui e dê uma espiadinha no meu livro 101 Segredos para se Vestir sem Erro no Trabalho, com prefácio de Amir Slama.

DUPLA IMBATÍVEL

ellus_francisco_cepeda_spfw_elas_no_tapete_vermelho10

Ellus (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)

Ter uma calça de alfaiataria e uma camisa bacana no guarda-roupa é imprescindível. A Ellus, que comemorou seus 45 anos de existência, mostrou algumas opções atualizadas para o look corporativa. Uma delas são as calças mais largas, que prometem virar tendência, lembrando que para trabalhar, tecido e corte de alfaiataria sempre ficam elegantes. As camisas aparecem no desfile de forma mais despojada. Com exceção da usada por Mariana Weickert (à esquerda), não dá para trabalhar com transparência, sem sutiã ou com decotão, mas nada que não dê para arrumar. Uma camisete por baixo e botões mais fechados vão deixar os looks superbacanas para o batente.

BLUSAS E BLAZERS

a-giuliana romanno-vitorino_campos_ francisco_cepeda_spfw_elas_no_tapete_vermelho

Giuliana Romanno e Vitorino Campos (Fotos: Francisco Cepeda/Agnews)

Ter uma blusa bacana e poderosa no guarda-roupa faz toda a diferença, assim como um blazer que não precisa ser todo certinho. O look da esquerda traz uma blusa da Giuliana Romanno, com amarrações a partir da gola, garantindo um look elegante e sofisticado para o trabalho. Ideal para executivas e advogadas. O look da direita, de Vitorino Campos, vem mais despojado, com blazer mais curto e assimétrico, usado com camisa azul e calça preta. Se sua função permite mais informalidade, ok. Caso contrário, o blazer vai ficar superlegal com uma peça mais básica, como um vestido preto ou uma camisa branca de corte mais ajustado. É só experimentar para ver.

PRETO E BRANCO

a-lilly_sarti_francisco_cepeda_agenws_elas_no_tapete_vermelho_1

Lilly Sarti (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)

Investir em peças pretas e brancas é fundamental para o guarda-roupa de trabalho. Isso não significa que elas precisem ser básicas. A grife Lilly Sarti prova isso nestes dois looks. O da esquerda traz uma blusa preta com manga mais larga, que é uma das principais tendências da estação, usada com uma calça preta de couro mais seca. O outro look mostra calça larga, outra tendência, com blusa de tricô branca e jaqueta preta curta. Todas as peças podem ser usadas em mil outras combinações. Ou seja, vale investir e dar asas à imaginação.

MONOCROMIA

a- lilly_sarti_francisco_cepeda_agenws_elas_no_tapete_vermelho_3

Lilly Sarti (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)

Lilly Sarti também mostrou looks bacanas num mesmo tom, que pode ser usado durante o trabalho sem problema. As peças podem ainda ser combinadas com outras. O preto traz calça mais larga, como disse, é tendência, e blusa com desenhos em dévoré. Se ficar transparente em alguma parte, basta usar uma camisete por baixo, nude ou preta. Além de mais largas, as calças mais curtas também prometem tomar conta das araras. A grife mostrou a calça de couro de cintura alta com blusa de seda no mesmo tom. Apesar das mesmas cores, as texturas diferentes tiram a monotonia do look. E veja que a blusa traz gola alta e mangas com ênfase nos ombros, relembrando de leve os anos 80.

TÚNICAS

uma_raphael_castello_jardin_francisco_cepeda_spfw_elas_no_tapete_vermellho

Investir em túnicas de tecido leve é uma ótima opção para criar looks diferentes em várias ocasiões. Dependendo do comprimento, podem ser vestidas sem outros complementos ou misturar com calças, pantalonas ou saias. A Uma, de Raquel Davidowicz, colocou em Isabel Hickmann (esquerda) uma túnica que lembra vestido chemisier, com cinto caído e colar poderoso. A mineira Jardin optou por túnica leve cinza junto com pantalona do mesmo tom e tecido. O mais bacana é que são peças para todas as idades.

SAIAS

a- lolitta_francisco_cepeda_elas_no_tapete_vermelho

Lolitta (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)

A Lolitta, especialista em tricô de alta-perfomance, apostou em saias com estampas geométricas combinadas com blusas lisas. São ótimas opções para o mercado de trabalho, como a da esquerda, xadrez de cintura alta, e a da direita, a tipo lápis, usada com sobreposição de blusas. Se ficar incomodada com a fenda, é só deixá-la menor, com até 10 cm.

ESTAMPAS

a - exposicao sissa spfw -7_deividi_correa_elas_no_tapete_vermelho

Muita gente tem receio de usar estampas no trabalho, mas é puro preconceito. Para provar isso, separamos dois looks da grife Sissa, que fez uma apresentação intimista em sua estreia no SPFW. O look da esquerda, traz blusa e saia com listras, numa modelagem confortável. Ambas as peças podem ser combinadas com outras básicas, como a saia com uma t-shirt branca ou do tom das listras, e a blusa, com saia e calça também lisas. O vestido florido traz cores contrastantes, mas harmônicas. Com um sapato menos esportivo ficar ótimo no mundo corporativo.