Com sutiãs transparentes, Amir Slama leva musas dos anos 50 para o SPFW

Rosângela Espinossi
Publicado em
Desfile de Amir Slama no SPFW (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)

Desfile de Amir Slama no SPFW (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)

Amir Slama levou para a passarela do SPFW sua moda praia – e para fora da praia – inspirada nos balneários dos anos 50. As imagens remetem às vedetes brasileiras do teatro de revista, como Virginia Lane, e a musas do cinema, como Marilyn Monroe, Sophia Loren, Lauren Bacall, Grace Kelly e Audrey Hepburn. A coleção teve como foco os seios, com peças ora com nós, ora com decotes, estruturas e transparências. Tudo numa mistura elegante e sofisticada do beachwear daquela década com um quê de boudoir, como robes e pijamas.

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews

Acessórios de busto

Para enfatizar essa região, o estilista criou sutiãs transparentes com aplicações de joias em ouro, assinadas por Julio Okubo, para cobrir os mamilos. As peças, batizadas de acessórios de busto,  vinham por baixo de outras e podiam aparecer totalmente ou em parte.

Veja explicação do estilista

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews

Sedas acetinadas surgiam nos bodies e nos vestidos que fazem remissão aos roupões, sempre fluidos, e também nas calças e camisas. Acetinados e opacos se revezavam nas produções, que teve como styling Yan Acioli. Recortes, drapeados, decotes e cavas profundas nas pernas, hot pants moldavam as peças, que traziam também correntes e crochês. Branco, dourado, nude, vermelho, lilás quase rosa e roxo deram o tom à coleção. Looks com listras apareceram tanto nas peças femininas quanto nas masculinas. Para elas, lenços retrô cobriam as cabeças. Para eles, camisas, calças, e bermudas.

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews

As sungas masculinas vinham mais baixas e algumas mais compridas ou com franzidos. Shorts e bermudas também desfilaram, assim como camisas estilo resort. “Sempre apresentávamos a coleção masculina separada da feminina. Agora elas se misturam, mas os homens vêm como um acessório feminino. As luzes são para as mulheres”. Amir lançou a coleção de joias masculinas em parceria com Julio Okubo e também a primeira coleção de calçados, com a Di Pollini.

Na passarela, a modelo trans Marcela Thomé voltou a desfilar, como no desfile passado, quando também se apresentou a top Valentina Sampaio. “Quando faço o casting, não penso se a modelo é transgênero ou não. Escolho pela atitude e pela forma como veste a roupa”, disse nos bastidores.

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews

Para completar os looks das musas, fios desfiados em sua extensão e mais lisos no alto, penteado típico dos anos 50. Nos pés, sandálias em estillo retrô, com salto quadrado e tira torcida, nas cores das roupas. No make, batom vermelho e sombra clara.

Veja fila final do desfile

 

Fila final do desfile de @amirslama, que se inspirou nos balneários dos anos 50. #spfwn44 #spfw #spfwn44 #elasnotapetevermelho #tapetevermelho

Uma publicação compartilhada por Rosangela Espinossi (@elasnotapetevermelho) em