De biquíni, Marquezine mostra 1001 utilidades da camisa branca

Rosângela Espinossi
Publicado em

 

Bruna Marquezine (Foto: Reprodução/Instagram/@brumarquezine)

Bruna Marquezine (Foto: Reprodução/Instagram/@brumarquezine)

Bruna Marquezine dá mais uma lição de estilo no Instagram. Depois de publicar looks baphonicos durante suas viagens pelos Estados Unidos, Paris e também em suas andanças no Rio de Janeiro, a atriz postou na manhã desta terça-feira (25) selfie com maiô branco, tendo como saída de banho uma camisa branca, da marca Le Lis Blanc.

Dessa vez, colocou como legenda apenas a hashtag #STTRPZ, que faz referência à badalada praia de Saint-Tropez, na França. Sim, depois de passar um temporada em Paris, voltar para o Brasil, a garota voou novamente para a França.

Com corpo em forma e a pele morena, Bruna Marquezine prova o ecletismo da camisa branca. Fundamental na bagagem de qualquer mulher moderna, seja para férias na praia ou para uma viagem à trabalho, é uma ótima alternativa como saída de praia.

A peça protege do sol e não interfere no modelo do biquíni ou do maiô. Com um simples nó e combinada com um shorts ou saia, a camisa branca transforma o look, que pode ir da praia para a rua ou ao restaurante, sem problema.

Bruna Marquezine (Foto: Reprodução/Instagram/@brumarquezine)

Bruna Marquezine (Foto: Reprodução/Instagram/@brumarquezine)

Saint-Tropez

Antes de publicar a foto de biquíni, Bruna Marquezine postou no InstaStories imagens de Saint-Tropez e um foto com uma blusa branca de decote ombro a ombro, com lastex no colo e na cintura. Outra opção bem prática e confortável para a praia. O recurso do elástico colocado em linhas horizontais, para formar o franzido na blusa, é uma tendência que vem dos anos 70, dentro do estilo hippie.

Na foto, a atriz marcou o Club 55 St.Troppez, que fica na praia de Pampelonne e que existe desde 1955, daí o nome. A praia na Riviera Francesa ficou conhecida no mundo todo com a estreia, em 1956, do filme  “Et Dieu… Créa la Femme” (“E Deus Criou a Mulher”.

O filme era estrelado pela Brigitte Bardot, com 21 anos na época, no papel da orfã Juliette Hardy. E foi exatamente nas areias do Le Club 55 que muitas das cenas do filme foram rodadas.

Conta-se que o diretor do filme, Roger Vadim, então marido de Brigitte, pediu para que uma moradora do local, Geneviève de Colmont, cozinhasse para a equipe. Quando as filmagens terminaram, a moradora continuou a servir comida. Estava criado o Le Club 55, onde nossa Bruna Marquezine, mais de 60 anos depois da estreia do filme, osa como para editorial de fotos da grife Le Lis Blanca, com styling de Patricia Zuffa..

#STTRPZ

Uma publicação compartilhada por Bruna Marquezine ♡ (@brumarquezine) em